3 DICAS PARA UM ÓTIMO WEBINAR

Dicas

3 dicas de apresentação para um ótimo webinar

Obtenha uma performance que inspire, que faça com que seus participantes do webinar queiram se envolver com você. 

“Como você faz performances de webinar memoráveis?” 

Sua preocupação quando fala não deve ser se você vai vender. 

A partir do momento que você começar a falar você precisará ensinar o seu público.

Você terá que ser especialista em seus olhos, trabalhar em sua imagem, ser relevante, com um objetivo à vista – seus participantes, as pessoas que vão ver o seu webinar e assistir ao replay devem lembrar de você permanentemente!

Neste artigo, vamos dar-lhe 4 dicas para oferecer aos seus participantes uma experiência emocionante que atenda às suas expectativas!

1. Conheça seu público

O primeiro passo para fazer um ótimo webinar não é estudar o que você poderia dizer para impressionar seu público. 

Você pode dizer uma infinidade de coisas, mas não faz sentido se você não sabe com quem está falando!

Você precisa saber essas 2 coisas antes de criar sua apresentação:

  1. Quem é seu prospecto? Você deve ter em mente o perfil típico das pessoas que você quer atrair para o seu webinar. Isso é chamado de persona compradora. Você deve saber os problemas das pessoas que você vai abordar. Assim, você poderá propor um assunto e conteúdo que responda ao que eles esperam.
  2. Quais são os hábitos do meu alvo? Se você está fazendo um webinar, é porque você tem a sensação de que você tem a capacidade de atrair uma audiência por um tempo definido, incluindo uma apresentação, mas também sessões de perguntas/respostas, discussões. A pergunta a se fazer é em que horas da semana eles estão disponíveis.

Como você consegue essa informação? 

Há várias maneiras. 

Você pode perguntar diretamente aos seus clientes e você pode realizar pesquisas com perspectivas para descobrir o que eles gostariam de saber.

2. Ideias de formato

Não há formatos “certos” ou “errados” para seus webinars. 

Mas há algumas diretrizes a seguir.

Seu público não está lá para ouvir você falar sobre você.

Eles vieram aprender sobre o problema deles. 

Você pode falar sobre si mesmo, mas não mais do que 10% do tempo total do seu webinar.

Sinta-se livre para incorporar histórias em suas apresentações. 

Eles são easier para memorizar,  e eles destacam os desafios do que você quer apresentar. 

Pedindo empatia, eles permitem que você se conecte com seu público. 

A “marca de 25 minutos” –  O cérebro humano perde o foco em torno de 20 minutos de escuta, o que significa que é mais difícil segurar a atenção a partir de então. 

Geralmente observamos os primeiros participantes que saem da conferência após 25 minutos. 

Isso não significa que você tem que fazer menos do que isso, apenas horários que reduzem o fluxo da apresentação, engajando seu público de vez em quando. 

Planeje pesquisas, quizzes, perguntas/respostas de tempos em tempos para animar – e retomar com toda a atenção de seus participantes.

3. Incentivar a Participação

Obter uma interação real é crucial para engajar seu público. 

Um público engajado será muito mais propenso a responder a vocêr ofertas.

Não hesite em encorajar seu público a se expressar, a compartilhar suas perguntas. 

Eles precisam saber rapidamente quando receberão respostas para suas perguntas, mas também dar-lhes  o impulso para falar.

Incitar também é quebrar o gelo. 

O pré-webinar é muitas vezes um momento interessante para conversar com os primeiros participantes, e facilitar discussões durante a conferência. 

Abordar assuntos triviais permite criar um clima favorável à expressão.

Finalmente, você pode dar um impulso à participação  oferecendo pesquisas, jogos e quizzes que ajudarão a tornar sua apresentação memorável, ao mesmo tempo em que permite que as pessoas se recuperem e discutam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *