COMO SER UM LÍDER?

Destaques

 

Todo mundo já teve a experiência de trabalhar para chefes não muito bons.

Embora seja comum que pessoas sejam promovidas à gerência por se destacarem em posições de não liderança, a verdade é que muitas das pessoas que recebem essas promoções não possuem as habilidades necessárias para gerenciar efetivamente sua equipe.

Em outras palavras, elas não têm as habilidades de liderança indispensáveis que todos os grandes chefes têm em comum.

A boa notícia é que essas são habilidades que podem ser facilmente aprendidas.

Neste relatório especial, ensinarei as cinco habilidades indispensáveis de liderança necessárias para gerenciar uma equipe com êxito e como se preparar para o sucesso a longo prazo.

Essas habilidades indispensáveis são: comunicação, adaptabilidade, formação de equipes, pensamento estratégico e delegação.

Você está pronto para aprender as etapas necessárias para se tornar um líder eficaz?

Vamos começar!

Habilidade 1: Comunicação

Sem uma comunicação adequada, clara e concisa, você não pode vir a ser um líder eficaz.

A comunicação é a ferramenta necessária para explicar suas ideias, definir expectativas e formar sua equipe.

Neste capítulo, explicaremos por que ter habilidades fortes de comunicação é essencial para os líderes e compartilharemos algumas dicas sobre como se comunicar efetivamente por escrito e pessoalmente.

A Importância da Comunicação Interpessoal

Comunicação interpessoal é o que constrói relacionamentos. Se você ouvir funcionários reclamando de seus chefes e empregadores, um dos principais problemas com os quais eles provavelmente estão lidando é a falta de um canal de comunicação claro e direto.

Obviamente, a comunicação é uma via de mão dupla. Mas, como líder, é seu trabalho definir o ritmo das interações em sua organização ou equipe.

Uma Comunicação Efetiva:

  • Minimiza mal-entendidos e confusões
  • Garante que os membros da equipe saibam o que você espera deles
  • Incentiva a comunicação entre os membros da equipe
  • Aumenta as chances de que suas metas sejam alcançadas

Sempre que você entra em contato com sua equipe ou com um cliente, você usa habilidades de comunicação.

Isso significa que todas as ligações, reuniões, bate-papos e e-mails refletem sua capacidade de se comunicar e acompanhar o andamento dos projetos.

Dicas para uma Comunicação Eficaz por Escrito e Pessoalmente

O que contribui para uma comunicação eficaz?

As principais características de uma boa comunicação são clareza, minúcia e honestidade.

Clareza significa que você deve ser capaz de articular o que deseja de maneira que a pessoa com quem está conversando possa compreendê-lo.

Você não está se comunicando efetivamente se o ouvinte ou o leitor não conseguem entender o que você precisa ou o que quer que eles façam.

Minúcia significa que você deve ser específico sobre o que deseja, espera ou precisa saber.

Se você delegar uma tarefa e o membro da equipe ainda tiver dúvidas sobre o que fazer ou como fazer o trabalho, suas habilidades de comunicação foram falhas.

Honestidade significa que você deve ser sincero ao se comunicar com sua equipe.

Isso não significa que você precisa compartilhar tudo o tempo todo, mas significa que você não pode enganá-los ou omitir deliberadamente informações que possam ajudá-los a alcançar os objetivos que você definiu para a equipe.

Aqui estão algumas dicas para que você se comunique de maneira eficaz:

  • Por escrito, mantenha suas frases e parágrafos curtos
  • Pense no que vai dizer antes de dizê-lo
  • Mantenha sempre seu público-alvo em mente. Não use jargões, a menos que tenha certeza de que eles entenderão
  • Preste atenção em como o ouvinte reage ao que você diz
  • Mostre-se disponível a responder perguntas e seja paciente ao fazê-lo

Essas dicas ajudarão você a ser um comunicador eficaz e melhorarão sua capacidade de liderança.

A seguir, explicaremos por que você deve ser adaptável para se tornar um grande líder.


Habilidade 2: Adaptabilidade

Você já deve ter ouvido falar sobre a sobrevivência do mais apto.

É o princípio que afirma que apenas aqueles que são capazes de lidar com as mudanças e com as adversidades sobrevivem.

Em outras palavras, a adaptabilidade é necessária – e pode definir o sucesso ou o fracasso de seus negócios.

Neste capítulo, discutiremos porque os grandes líderes devem ser adaptáveis e apresentaremos algumas dicas sobre como aumentar sua adaptabilidade e aprender a seguir o fluxo.

Como a Adaptabilidade Pode Ajudá-lo a ter Sucesso

Em nossas vidas profissionais, as coisas raramente saem da maneira que desejamos.

Existem muitas variáveis em jogo e, frequentemente, aspectos que atrapalham nossa carreira e nossa vida pessoal parecem estar fora de nosso controle.

Houve muitas vezes em minha vida que minhas expectativas não foram atendidas – e aposto que isso também já aconteceu com você.

A questão é que aquilo que você faz diante das adversidades é o que determina se você é capaz de se recuperar, se redefinir e voltar rapidamente ao caminho do sucesso.

Se você tiver que enfrentar um obstáculo, você se impõe e segue em frente – ou entrega os pontos e vai fazer outra coisa?

Grandes líderes aprendem a seguir o fluxo.

Eles entendem que o sucesso não acontece da noite para o dia.

Sua adaptabilidade os ajuda a superar fracassos e a saírem vencedores.

Dicas para Aumentar a Adaptabilidade e Seguir o Fluxo

Algumas pessoas têm, naturalmente, um alto nível de adaptabilidade.

Se este for seu caso, você provavelmente já está no caminho certo.

Mas e se não for?

E se você for facilmente desencorajado ou intimidado pelos obstáculos?

Há algo que você possa fazer para aumentar sua adaptabilidade?

Sim!

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a aumentar sua adaptabilidade e seguir em frente

Essas dicas podem ajudá-lo a ser mais resiliente.

Mesmo que você tenha uma grande decepção ou um fracasso decepcionante, isso não significa que seus objetivos estão fora de alcance.

A seguir, falaremos sobre como formar uma equipe – algo de extrema importância para qualquer líder.

Continue lendo para saber mais!

Habilidade 3: Formação de Equipe

Sempre chegaremos a um nível mais alto de sucesso com uma equipe.

Mesmo os milionários e bilionários por aí não chegaram ao topo sozinhos.

Bill Gates é um ótimo exemplo.

Sim, ele teve uma ótima ideia quando criou o Windows – mas ele também tinha uma equipe talentosa de programadores, designers, escritores, profissionais de marketing e administradores que o ajudaram a lançá-lo.

Neste capítulo, explicaremos porque a formação de equipes é uma habilidade essencial de liderança e como você pode reconhecer as áreas que precisam melhorar para que sua equipe seja uma potência.  

Os Benefícios de Formar uma Equipe Forte

Por mais que você se esforce e por mais determinado que seja, você não é capaz de fazer tudo sozinho, e nem deve.

Isso não é algo prático nem inteligente – você só terá mais trabalho.

Pense na famosa frase: “Faz de tudo um pouco, mas não faz nada direito”.

Você pode ser ótimo em algumas coisas, mas é provável que existam áreas em sua empresa que precisem de um suporte externo.

Você pode ficar tentado a fazer tudo sozinho, pensando que economizará dinheiro.

Muitos empresários cometem esse erro e isso os leva ao fracasso.

Eles desvalorizam seu tempo e energia e subestimam o trabalho desgastante que terão todos os dias.

Ter uma equipe significa ter suporte contínuo dentro de sua rede personalizada.

Você pode delegar tarefas – algo sobre o qual falaremos mais adiante – e ter tempo de sobra para fazer o que você faz de melhor.

Você também poderá desfrutar de outros aspectos da vida, porque, convenhamos, você trabalhará melhor se tiver mais tempo para se divertir.

O segredo, é claro, é formar a equipe certa.

Dicas Para Captar Membros para sua Equipe e Saber Quando Você Precisa de Ajuda

Você precisa de uma equipe, mas por onde você deve começar?

O primeiro passo é identificar as principais áreas em que você precisa de ajuda.

Se você estiver iniciando um negócio, precisará criar uma marca, criar produtos, criar seu site, estruturar listas de e-mail, atrair novos clientes, atender esses clientes e assim por diante.

Comece por aquilo que você faz muito bem.

Talvez você seja um excelente vendedor ou um comunicador de primeira.

Essas são funções que você pode optar por realizar por conta própria.

Em seguida, pense no que não é sua especialidade.

Talvez você tenha muita pouca experiência em marketing ou não seja muito bom em organização.

Os primeiros membros de sua equipe devem ser pessoas que possam ajudá-lo a suprir suas fraquezas.

Você terá grandes chances de sucesso se optar por esse método.

Depois, você precisa captar os melhores membros para sua equipe.

Para isso, você precisará:

  • Elaborar descrições de cargo precisas e atrativas.
  • Oferecer pagamento justo.
  • Colocar anúncios para que os membros da equipe possam encontrá-lo ou procurar por eles em sites como o LinkedIn.
  • Entrevistar candidatos.

Solicite seu portfolio, quando necessário, e verifique suas referências.

Atualmente, é possível contratar pessoas para trabalhar remotamente, sem precisar conhecê-las pessoalmente. Nesse caso, você deve realizar entrevistas por Skype.

Também é uma boa ideia estabelecer um período de experiência aos recém-contratados.

Dessa forma, você poderá fazer mudanças facilmente, caso seja necessário.

Não esqueça de documentar tudo por escrito.

A seguir, falaremos sobre pensamento estratégico.


Habilidade 4: Pensamento Estratégico

O pensamento estratégico é um elemento indispensável da liderança.

Neste capítulo, vou explicar o porquê e dar algumas dicas para melhorar suas habilidades de planejamento e de pensamento estratégico.

O Papel da Estratégia para o Sucesso de um Negócio

Estratégia é simplesmente um nome mais sofisticado para planejamento de longo prazo.

Você precisa ter um objetivo em mente e depois precisa traçar um plano passo a passo para alcançá-lo.

Se você deseja que ele funcione, sua estratégia precisa ser lógica e prática. Cada etapa deve levar você à etapa seguinte.

Sem ter uma estratégia, é muito difícil – talvez até impossível – alcançar seus maiores objetivos.

Pode ser que seu objetivo seja ser o CEO de uma empresa da Fortune 500 (lista das 500 empresas mais bem-sucedidas no mundo).

Sua estratégia pode incluir a obtenção de um MBA e mais uma série de iniciativas que o tornarão apto a atingir esse objetivo.

A questão é que a estratégia não deve se limitar a você.

Colocar uma estratégia em prática pode ajudar você a atrair investidores para financiar sua empresa, além de ajudar você a inspirar sua equipe.

Dicas Para Aprimorar Seu Pensamento e Planejamento Estratégico

Algumas pessoas têm um dom natural de pensar estrategicamente.

É o caso dos excelentes jogadores de xadrez, que conseguem prever 10 passos a sua frente.

Se esse não é o seu caso, não se preocupe.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a melhorar seu pensamento estratégico.

  • Antes de tomar qualquer decisão, pense em alguns resultados possíveis e pense no que você fará em relação a cada um deles. Esse é o tipo de pensamento prático que pode ajudá-lo a se tornar um melhor estrategista.
  • Pense em seus objetivos e aja de trás para frente, a fim de descobrir que iniciativas o ajudarão a alcançá-los. Pense nisso como uma estratégia de engenharia reversa.
  • Peça sugestões aos membros da equipe e a amigos de confiança para ajudá-lo em seu planejamento estratégico.
  • Elabore um cronograma para planejar cada etapa rumo a seu objetivo.

Quanto mais você praticar o pensamento estratégico, mais natural ele se tornará. 

A seguir, falaremos sobre a quinta e última habilidade imprescindível de liderança neste livro: delegação.

Habilidade 5: Delegação


De certa forma, a capacidade de delegar é a habilidade mais importante de todas.

Eu já mencionei alguns motivos pelos quais é importante não tentar fazer tudo sozinho.

A chave para isso é aprender a delegar de maneira eficaz.

Neste capítulo, falaremos sobre a importância da delegação e apresentaremos algumas dicas para ajudá-lo a delegar as tarefas certas para as pessoas certas.

Por que Você Não Deve Tentar Fazer Tudo Sozinho

Se você deseja ser um grande líder, você precisa saber como delegar tarefas e – igualmente importante – a quem delegá-las.

Você pode ter muita energia e vontade de fazer tudo sozinho, mas como eu disse antes, essa nem sempre é uma estratégia eficaz.

Você não só estará assumindo a responsabilidade de realizar tarefas que não são sua especialidade, mas também estará correndo o risco de ter um esgotamento.

Todos nós precisamos de tempo livre – e trabalhamos melhor quando nos concentramos naquilo em que somos bons e no que gostamos de fazer.

A delegação permite que você concentre seu tempo e energia naquilo que você faz de melhor e no que só você é capaz de fazer.

Isso significa que você terá mais tempo para liderar, porque não ficará cansado em tentar fazer tudo.

Dicas para Ajudar Você a Decidir o que Delegar a Outras Pessoas

O segredo para uma boa delegação é ter conhecimento de duas coisas:

  1. Que tarefas e trabalhos podem ser delegados; e
  2. Quem deve lidar com essas tarefas.

Então, vamos analisar cada uma, começando por saber que tarefas delegar.

Você deve delegar:

  • Tarefas em que os membros de sua equipe sejam excelentes
  • Tarefas que eles possam aprender a fazer
  • Tarefas que não exijam sua contribuição pessoal

Pode ser útil começar identificando as coisas que só você pode fazer.

Isso pode incluir tomadas de decisão estratégicas sobre sua equipe ou reuniões com investidores.

Em seguida, faça uma lista daquilo que você pode delegar.

Depois de fazer a lista, é hora de pensar em quem são as melhores pessoas para executar essas tarefas.

Aqui estão algumas perguntas que você deve fazer:

  • Que membros da equipe já possuem habilidades que os tornam aptos para a tarefa?
  • Que membros da equipe demonstram aptidão para habilidades essenciais, como comunicação, trabalho em equipe ou lógica?
  • Que membros da equipe estão ávidos por aprender e dispostos a encarar algo novo?

Qualquer uma dessas perguntas pode ajudar você a identificar quem está pronto para lidar com as tarefas e responsabilidades que você definiu.

Depois de identificar as pessoas adequadas para cada tarefa, reserve um tempo para pensar no treinamento e no suporte necessário para que tenham sucesso nas tarefas delegadas.

Pode ser que você mesmo possa orientá-los ou você pode contratar terceiros para treiná-los.

Eles podem precisar de aulas ou seminários externos.

Delegue as tarefas e comunique de maneira clara e detalhada o que você espera de cada membro da equipe.

Disponha-se a responder perguntas e, o mais importante, lembre-se de que eles podem cometer erros na primeira tentativa.

É possível que você precise fazer mudanças ao longo do caminho.

Pode ser que você não escolha o membro mais adequado da equipe para cada tarefa em sua primeira tentativa.

A chave é manter a mente aberta, saber ouvir e ser paciente.

Você precisará usar todas as suas habilidades de liderança para decidir o que delegar, escolher as melhores pessoas para cada tarefa e orientá-las rumo ao sucesso.

Foi por isso que deixei a delegação por último – porque essa é uma habilidade que necessariamente incorpora todas as outras que já foram discutidas.

Considerações Finais

Obrigado pela leitura de Siga o líder: 5 Habilidades de Liderança Indispensáveis!

Espero que as informações contidas neste relatório especial sejam esclarecedoras, úteis e inspiradoras.

Como lembrete, aqui estão alguns dos principais conceitos que você deve ter em mente enquanto se empenha para desenvolver suas habilidades de liderança:

  • Comunique-se o tempo todo e esteja disposto a aprender com seus erros. Lembre-se de que toda comunicação deve ser feita com clareza, minúcia e honestidade.
  • Melhore sua adaptabilidade sabendo que você é capaz de lidar com decepções e aprendendo a fazer planos de contingência.
  • Construa sua equipe reconhecendo que é arriscado tentar fazer tudo sozinho e escolhendo membros da equipe que possuam as habilidades e a experiência que lhe faltam.
  • Aprenda a pensar estrategicamente, definindo seus objetivos e identificando as etapas práticas necessárias para alcançá-los.
  • Delegue habilidades designando tarefas que não requeiram sua contribuição pessoal aos membros da equipe mais aptos a realizá-las.

Alguns ‘especialistas’ tratam a liderança como um enigma a ser decifrado.

Eu não vejo dessa forma.

Ela é uma habilidade – ou melhor, um conjunto de habilidades – que qualquer pessoa pode adquirir se tiver o empenho necessário.

As cinco principais habilidades descritas neste livro são a base de uma grande liderança.

Eu acredito que você pode ser um grande líder – e você também deve acreditar nisso!

Um Grande Abraço! Sucesso 😉

DICA EXTRA

ADICIONE AQUI + ALGUMA OFERTA SUA (COMO AFILIADO OU PRODUTOR)

Faça uma CHAMADA PRA AÇÃO E ADICIONE UM BOTÃO COM SEU LINK $$$

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *